terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Primeiro falemos do Sporting

Sim, porque o Sporting merece honras de abertura e desta vez não porque se tenha demitido o Paulinho Roupeiro (já não há ninguém mais para se demitir, uma vez que o Paulo Sérgio diz que não se demite, nem agora nem nunca, podes escrever aí).

Não.

Desta vez não é porque mais alguém se tenha demitido, mas sim porque o Sporting, desde que Bettencourt e os órgãos sociais se demitiram, parece que está possuído.

3-0 ao Marítimo no Funchal, depois de 4-0 ao Penafiel, 3 e 4, 7, noves fora nada, 0 golos sofridos.

Gandas malucos, ganda abuso.

Ainda por cima com o Zapater, que era visto até agora como o Farnerud espanhol a marcar outra vez – 4 golos em 2 jogos! – (ontem, foram mais 2!) Mas o que é isto? Está tudo doido?

Eu acho que a questão pode passar por uma coisa mais mística do domínio do espiritual, mesmo.

Se calhar é só isso.

Bettencourt dava galo ao Sporting.

Se calhar é isso.

Há pessoas assim. Com mau karma.

Como aquela senhora que está no leito de morte do marido e ele quase a bater as botas diz-lhe ao ouvido:

Querida. Agora que está na hora de partir, queria dizer-te que não me esqueço que estiveste sempre a meu lado, nas horas más…

Lembras-te quando fui despedido?

Sim. Diz ela.

Tu estavas a meu lado.

Lembras-te quando tive o acidente?

Sim.

E tu a meu lado.

Lembras-te quando fui operado a vesícula?

Sim

E tu sempre a meu lado.

Minha querida…

Sim…

Vai-te lixar, que dás-me um galo do caraças.

Assim esta o amigo Bettencourt.

Um abraço para ele.

Mas voltando ao jogo, o Sporting ganhou por 3-0 e agora não interessa nada estar a dizer que durante meia hora havia pessoas a ressonar no estádio, que não se jogou nada e tal.

Ganhou, e isso é que interessa.

Paulo Sérgio, que andava a dizer que a onda era má, que andava tudo deprimido. Pelos vistos a coisa funciona é assim.

Costinha falou.

E falou para dizer que há malandros lá dentro. Do Sporting

Costinha diz que havia gente à espera de que o Sporting perdesse ontem à noite. Não se percebe porquê.

Se calhar o Costinha pensa que se ele e o Paulo Sérgio ganharem agora os jogos todos que o Rogério Alves muda de ideias em relação a eles e se calhar até lhes renova o contrato, não?

E com esta vitória, o Sporting já só está a 16 pontos do Porto e a 8 do Benfica.

1 comentário:

Tiago disse...

Curiosa comparação entre Zapater e o Pontus Farnerud. É que o espanhol utiliza o mesmo número na camisola que o sueco usou.