quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Olá pessoal,

Não houve surpresas na taça nos jogos que envolveram Benfica e Porto, já o mesmo não se podendo dizer do Varzim - Merelinense.

A equipa de Merelim (é favor não acrescentar a letra d ao nome) fez história na taça e chega aos 1/4 de final, ganhando na Póvoa.

Grande proeza, com Mokas, jogador do Merelinense, em grande destaque.

Fartou-se de correr e mesmo com um nome destes não foi ao controle anti doping.

Merelinense que, se continuar assim, e conseguir passar nos ¼ de final, apanha de certeza o Porto nas meias-finais, com a segunda mão a jogar-se no Dragão. é limpinho. O Porto há-de chegar a final jogando só com equipas da segunda e da terceira.

Depois do Limianos, Moreirense e Juventude de Évora seguiu-se ontem o Pinhalnovense, no Dragão, que é para ser mais confortável ainda, mas o que é facto é que lá teve de ser o Hulk a resolver a coisa, a pouco mais de 10 minutos do fim, que aquilo não atava nem desatava e o pessoal já estava a ver o Porto no prolongamento.

Villas-boas estava um bocadinho abatido, talvez porque o Benfica deu 5 (já lá vamos) e o Porto viu-se e desejou-se para ganhar ao Pinhalnovense, em casa.

Não que não tenha tido oportunidades, mas é preciso mete-las lá dentro e aí o Porto foi um desastre e não fosse o Kiezek, já conhecido pelo Roberto doP, ter feito um defesa do outro mundo e o Pinhalnovense até se tinha adiantado no marcador a 20 minutos do fim.

Mas Hulk, sempre Hulk (joga sempre, seja com o Moreirense, o Juventude de Évora ou com o Pinhalnovo – obrigado! ) marcou 2 golos nos últimos 12 minutos – dois grandes golos, mais dois! – e o Porto, sem se cansar, já esta nas meias-finais da taça.

1 comentário:

Jorge disse...

Carneiro Amigo José Nunes

E que tal uma "onda" ao Merelinense...? Esta época vai ficar na história do Clube e por isso mesmo merecia ser celebrada no programa, para a posteridade!

Um Abraço de um ouvionte assiduo de Merelim.