segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Uma manita

5-0.

Uma grande tareia.

O Benfica saiu do Estádio do Dragão com um cabaz impressionante, completamente derretido pelo Porto que, com uma grande exibição, devastou literalmente uma equipa que fez um jogo horroroso. Basicamente foi isso.

Jesus pôs-se a inventar – parecia o professor pardal – só lhe faltava o chapéu e o lampadinha na cabeça, e o resultado foi um completo desastre.

É preciso dizer que já não é a primeira vez que o Jesus se põe a inventar nos jogos grandes com resultados calamitosos. No ano passado foi em Liverpool, lembram-se? Também se lembrou de por o David Luiz a lateral esquerdo e tal, e o Benfica levou 4 a 1 e foi eliminado da Liga Europa.

Desta vez, a coisa foi demais.

Aterrorizado com o Hulk, montou toda a estratégia (estratégia? É preciso muito boa vontade para chamar estratégia aquilo) e pumba!

Aos 10 minutos já o Hulk estava a partir o David Luiz de alto a baixo, na jogada do primeiro golo. E foi assim até ao fim do jogo.

Hulk assinou mais uma grande exibição.

Está demais.

Hulk imparável, mas todo o ataque do Porto esteve imparável.

Aliás, todos os 3 marcaram.

1 de Varela, 2 de Falcão mais 2 de Hulk.

5-0. Una manita, como dizem os espanhóis, um dos piores resultados da história do Benfica em casa do Porto, e o campeonato praticamente, para não dizer completamente arrumado para o Benfica, agora a 10 pontos de diferença.

Villas-Boas não cabia em si de contente, é claro.

Diz quem viu que acabou o jogo a correr para a cabine aos saltos a dizer repetidamente: 5-0! 5-0! 5-0!

Parecia que estava possesso.

E tinha razões para isso.

Villas-Boas que apareceu bastante calmo tranquilo e comedido na conferência de imprensa.

Porto arrasador.

Benfica, uma lástima.

Já se tinha visto que esta equipa do Benfica é uma sombra da do ano passado, mas ontem, foi um abuso.

Um ganda abuso, mesmo.

O Roberto, coitado, quase sem fazer uma defesa, levou 5. Mais 5.

Roberto que, de forma estranha, diz que o resultado é normal, dadas as circunstâncias, referindo-se à forma já derrotada como o Benfica entrou em campo.

Roberto que, de acordo com alguns jornais, levou com uma bola de golfe. Ficando a ideia que o Jesus também deve ter levado quando fez a equipa e montou a estratégia para este jogo. E o Jesus contribuiu e de que maneira para isso…

Inventou, inventou, e foi o que se viu.

E o David Luiz à esquerda por causa do Hulk, então, foi uma autêntica calamidade.

Meteu o Sidney (que desgraça) ao lado do Luisão (outra desgraça, até foi expulso), o David Luiz foi o que se viu – depois, quando o Benfica já estava a levar 3, lá o meteu outra vez a central, já o mal estava feito – ainda houve tempo para levar mais 2, e o Fábio Coentrão no meio disto tudo, nem se percebeu muito bem o que é que o Jesus pretendia dele. Como dizem os jornais e muito bem, o próprio Jesus acabou por anular o Coentrão. Muito mau.

Jesus tentou explicar o inexplicável e a coisa até é mais simples do que parece. O Benfica foi uma manta de retalhos e o Jesus ajudou a rasgar aquilo tudo.

2 comentários:

Rui Sousa disse...

para que comentários quando já tudo foi dito...

p00000rto

Ricardo disse...

Há que dizê-lo com frontalidade levámos um "tareadão" (como diz um amigo meu - é como levar tareia de alguém chamado Adão). Realmente quando vi as invenções do JJ com o Sidnei a central e o ovelha xoné a lateral percebi logo que isto ia dar merda (uma estrumeira, mesmo). Creio que não estou enganado se disser que se a equipa tem um 11 base, independentemente da lesão do Cardozo, há que utilizar o 11 base, FUNDAMENTALMENTE nos jogos mais decisivos (como era o caso). Bom e sem fazer futurologia e sabendo como são os adeptos do benfas ou o JJ recupera fisica e animicamente a equipa para dar algum sinal de vida já no próximo jogo ou arrisca-se a começar a ver lenços brancos (algo impensável até aos 74 minutos do jogo com o Lyon). O que vale é que parece-se que o L.F.V. aproveitou a visita do presidente chinês e já começou a negociar a contratação de 4 soldados de terracota do túmulo do primeiro imperador para ocuparem os lugares da defesa do benfas, se por um lado intimidam mais que os actuais defesas por outro lado podem sempre fazer um "quadrado" (bom dia Jesus!!)

Cumprimentos a todos e parabéns ao FCP