quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Bom dia

Jesus. Jesus sofreu na cruz há 2010 anos e pelos vistos continua a sofrer lá para os lados da Palestina.

15 dias depois de levar 5 do Porto, o Benfica encaixa 3 nas costas dos padeiros do Hapoel Telavive, sendo, realmente, muito difícil comentar o que se viu.

Então mas aquilo é alguma coisa? Mas que raio de equipa é aquela? Cada um por si, montes de situações em que o Benfica podia, de facto, ter chegado ao golo (mas porque os rapazes do Hapoel, são, efectivamente, muito fraquinhos – tinham feito um ponto até agora).

Atacar muito não é atacar bem e aquilo que se viu ontem já se tinha visto contra o Shalke e até contra o Lyon, numa fase inicial do jogo. O Benfica a atacar mas sem classe na hora de finalizar, depois um golo sofrido de bola parada ou de erro defensivo ou as duas coisas e, depois de sofrer o golo, a equipa cair a pique, sem capacidade para fazer face ao infortúnio. Muito mau. Embora o Jesus não diga isso. Ele até diz que tiveram 20 cantos a favor e tal (o que é isso de 20 cantos? Isso dá golos?). Jesus que diz custar-lhe a acreditar no que se passou.

Ai custou? Imaginem os benfiquistas.

Carneiro amigo, andamos todos ao mesmo

Jesus atribui à sorte e ao azar o incrível resultado que o Benfica fez ontem em Telavive.

Benfica que salta fora da Liga dos Campeões com estes 3-0 (já não há recuperação possível), e ainda nem sequer tem a continuidade na Liga Europa assegurada. No campeonato é o que se sabe – está a 10 pontos do Porto. É caso para perguntar: então, com tanta expectativa que havia, de ganhar tudo e mais umas botas, agora como é que vai ser?

Jesus diz que ainda há muitos objectivos a perseguir e um deles é a conquista do título nacional. Uma miragem, como sabemos. E mais miragem se torna a partir do momento em que se vê como a equipa está. Uma autêntica lastima. Se o balneário não está unido, se estão marrecos do Jesus, se há demasiados sul- americanos, que aquilo parece o sport Lisboa e benfieca? Não sabemos.

Os rumores são mais do que muitos. O que é que é verdade o que é que não é?

Não sabemos.

Se Jesus tem as malas feitas? Não sabemos?

Se o Benfica está na disposição de lhe pagar uma indemnização ao nível de Carlos Queirós? Também não sabemos.

O que se sabe é que o Benfica acaba de perder 3 milhões de euros com este afastamento dos 8ºs de final da Liga dos Campeões, ainda por cima de forma incrível e vamos ser claros, humilhante, com uma equipa de padeiros que não ganha a ninguém. Razão tinha o Jesus quando dizia que quem perdesse pontos com o Hapoel ia à vida.

Parece que és bruxo.

Carneiro amigo, andamos todos ao mesmo.

E depois há inúmeras perguntas para fazer?

O Carlos Martins ficou de fora porquê?

Ontem foi o Martins, no Porto foi o Saviola, com o Lyon foi o Aimar…

Mas o que se passa?

Então e o David Luiz? Mas o que é aquilo, meu? É uma estrela, vai à selecção do Brasil, vale 50 milhões, e tal, ontem deu mais uma vez uma barraca descomunal como tinha dado ainda há pouco tempo no Dragão. Está nos 2 golos, parece que anda a passear em campo? Se se quer ir embora, o melhor mesmo é o Benfica deixá-lo ir…

Benfica em pé de guerra…

Está chegar a Lisboa por esta hora.

Vejam lá que quando um tipo anda na mó de baixo não há nada que não aconteça.

A partida atrasou-se, o espaço aéreo israelita fecha à 1 e meia da manhã, a partida acabou por ser adiada para as 5 da matina.

O maralhal todo no aeroporto a assentar tijolo durante uma data de horas, depois de levar 3 do Hapoel e um final de noite em beleza…

Bom. Já chega.

5 comentários:

Anónimo disse...

Sr José Nunes, o senhor faz-me rir!

Tanto me faz rir pela forma como comenta as estorietas do futebol português como me faz rir da sua "costela" anti benfiquista!

Com que então se o Benfica perder com o Schalke e o Hapoel empatar em Lyon, o Hapoel vai à Liga Europa, por vantagem no confronto directo? Pense bem nessa situação, uma vez que o empate pontual entre Benfica e Hapoel já não é possível.

E no Domingo, fiquei a saber que o Porto era o campeão nacional e ultimo vencedor da Taça de Portugal nos comentários que fez ao jogo para a Antena1.

Rui Moreira disse...

Agora sim, acho que o Jesus não precisa esperar pela Páscoa para ser crucificado, cheira-me que vai ser já no Natal. Mesmo depois do fantástico trabalho que fez na época passada, vai ser o sacrificado na equipa e será servido de bandeja na noite da consoada que nem um peru aos adeptos do Benfica. Sou do Benfica, mas esta balde de água fria é bom para o nosso treinador tomar uma dose de humildade e dar conta que também falha (muitas mais vezes do que nós desejamos).

Aquelas desculpas da treta que o mau inicio de época se devia à ausência de vários jogadores na pré-época devido às selecções, a mim nunca me enganou, pois os outros clubes padeceram do mesmo mal e nenhum foi tão mau como nós.

Mas não nos esqueçamos da má gestão da nossa direcção com as vendas e compras de jogadores, é verdade que falta o Ramires e o Di Maria, mas vieram novos jogadores, se foi JJ que os escolheu está em maus lençóis, se foi a SAD ou a Direcção assumam os erros e protejam o "mister"

Anónimo disse...

Mesmo assim o BENFICA continua a ser o maior!

teve direito a totalidade do espaço de antena do seu programa porque perdeu, dado a grandiosidade deste Clube.

é que já reparei que este clube é tão bom que tem sempre direito a mais tempo de antena quando perde, pois quando o fcp perde você diz o resultado e siga que já se faz tarde.

continue assim que vai longe...

Tiago disse...

O nosso calendário é marcado pelo nascimento de Jesus e não pela sua morte. O que aconteceu há 2010 anos foi que Jesus NASCEU e não que morreu. Morreu 33 anos depois.

Helena disse...

Sr anónimo disse... se o Hapoel ganhar e o Benfica empatar, ficam em igualdade pontual, ai ai...essa azia está a toldar-lhe as ideias, e para que saiba, o Sr. José Nunes é benfiquista e dos ferrenhos!!!