sexta-feira, 2 de julho de 2010

Por falar em milagres.

Milagres da multiplicação é aquilo que o Sporting tem feito.

Não há papel, e tal, mas é sempre a aviar nas compras.

E vêm mais, pelo menos é que o treinador Paulo Sérgio diz. Mais 4 ou 5, pelo menos.

Mas quando?

Tarde? Cedo?

Sporting quer Datolo. Seja lá o que isso for.

Mas também quer Velásquez. Não o do pincel, coitado, que esse já deve estar frio, caramba. Feito em cinza de charuto mesmo.

Falo do Velásquez futebolista, paraguaio, avançado e grande, como Óscar Cardozo.

Mas mexe-se mais.

Pelo menos, é o que Carlos Paredes, antigo jogador do Porto, também ele paraguaio, afiança:

“Velásquez é um Cardozo mais móvel”

Mais ainda?

Então mas o Cardozo já é móvel. De sala, mesmo. Um autentico armário.

2 comentários:

Valdemar disse...

Não entendo a crítica Benfiquista ao Argentino Dátolo: é que ele também é Jesus. Jesus Dátolo.

Devia bastar como cartão de visita.

Manel do Outeiro disse...

Antigo jogador do Porto... e do Sporting!
Quer dizer, vestia a camisola e ia pró banco, não sei se isso dá direito a ser "jogador do!...