quarta-feira, 9 de junho de 2010

Ainda não se deu o pontapé de saída no mundial, mas o gamanço já começou.

2 jornalistas portugueses e 1 espanhol foram assaltados à mão armada nos quartos de hotel onde dormiam ás 4 da matina e nem a roupa suja lhes deixaram.

Foi tudo: máquinas fotográficas, dinheiro, passaportes, credenciais, roupinha, sapatos, telemóveis.

Só ficaram eles para contar. E um deles confirma que até uma arma lhe apontaram à cabeça.

Confirma-se, portanto, o que se temia.

Mas o mais preocupante é isto não ter sucedido na rua, mas sim dentro do hotel que, supostamente, tem segurança.

Chiça…

Escolhe outro.

Portugal-3 – Moçambique - 0.

Já sem Nani, e com Ruben Amorim a caminho (já lá está, já treina hoje), Portugal deu 3 na boca a Moçambique ( o que é que eu disse ontem?), fazendo uma primeira parte ao nível do que tinha feito com cabo verde e a segunda parte dentro daquilo que de melhor tinha feito com os camarões o que não sendo grande coisa, já é alguma coisa.

Queirós está satisfeito. Diz que foi uma grande jornada de confraternização Portugal/Moçambique e tal, que todos os jogadores estão prontos e que todos querem muito jogar – mal seria se não quisessem – e que está tudo bem, tirando, claro, o caso, triste, do Nani.

E realmente é uma baixa muito importante. Nani era só o jogador em melhor forma na selecção e mais uma vez se confirma que não vale a pena a gente alegrar-se com as desgraças dos outros porque de repente a coisa muda radicalmente.

Andavam todos satisfeitos com a lesão do Drogba, agora toma.

Embrulha lá esta.

O que é facto é que nem a lesão do Nani pareceu motivar o Simão, que continua abúlico (abúlico é muito bom), ao contrario de Dani, que apareceu em grande e foi o melhor em campo.

Dani é uma boa alternativa para uma das alas, sem duvida. Jogou realmente muito bem. Marcou um golo e deu outro.

O Hugo Almeida também esteve bem melhor que o Liedson, a quem os 10 dias de férias no Brasil parecem ter feito mal.

Coentrão sempre bem, Deco está a subir, claramente e Pepe – Pepe, está de regresso.

Pepe, com um topete na cabeça, uma grande popa, que faz lembrar o Spirou…

Está todo contente.

Jogou ao fim de 6 meses e vamos ver se vai entrar de cabeça com a Costa do Marfim. Acho que não seria justo para o Pedro Mendes, que pode ser pequenino, ter cara de carocho – o Dani também – um jornalinho debaixo do braço para cada um, arruma aí, tá bom… não mexe mais…

E dá cá o meu.

Tem um cigarrinho, ó chefe?

Nani.

Dani…

É quase a mesma coisa.

É só questão de meterem um brinquinho na orelha ao Dani, cortarem-lhe o cabelo, fazerem-lhe uma mise e levarem-no a um solário, que eles nem notam a diferença.

Nani, Dani, Toni.

Toni vai mesmo trabalhar com o Ericksson, dando dicas sobre a selecção nacional e sobre as outras equipas também, mas parece claro que a questão é mesmo Portugal.

Coração dividido?

Toni diz que não, que não divide o seu patriotismo e que é um profissional, que tem de trabalhar e que vai continuar a trabalhar com o Ericksson.

Ok, deixem lá estar isso.

Não é pelo Toni dar informações sobre a selecção que a Costa do Marfim vai deixar de levar na boca.

4 comentários:

PeixeBoga disse...

A maior mágoa no "caso" Toni é não poder apreciar as suas belas tiradas enquanto comentador do Mundial para uma qualquer estação televisiva.Terá lugar na história o "Chora, Beckham, chora, que quanto mais choras, menos mijas",após Portugal ter eliminado os amigos ingleses há bem pouco tempo.Terá de se ouvir o Zé Nunes na rádio.. :P

Anónimo disse...

Pela construção de um país melhor e menos centralista. Porque Portugal não é só Lisboa. Movimento Pro Partido Pelo Norte. http://pelonorte.blogspot.com/

Revista Nova Cornadura disse...

Ouvi dizer que o Senhor Você anda a comer a Helga Barrosa. O senhor Você é fodido. O Evaristo já ostenta cá uma cornadura...pior do que a Helga é a Marta Leite Castro, filha da mãe é só orgias aquela vacória. E também me contaram que a mulher do chimãozinho gosta do chouriço do alheio. Deve ser por isso que o Chimãozinho não joga, a cornadura pesa-lhe. Por estas e por outras é que não podemos deixar de defender o grandioso espectáculo da tourada. Outra grande fodilhona é aquela que anda com o filho do Sampaio. o Sampaio JR que não se ponha a pau que qualquer dia não cabe nas portas. É com cada boi e com cada vaca...

Zé Socrates Paneleiro disse...

Sr Zé Nunes

Há que ter o mínimo de decência no vocabulário usado nos comentários. Foda-se, com tanto palavrão vou proibir o meu filho de aqui vir e também eu não comentarei mais neste estrondoso blog do maior comunicador de radio que eu alguma vez ouvi.
Fico ainda mais fodido ao saber que a mulher do Simão é pior que a minha cadela que está neste momento e para meu agrado em pleno cio.